Visão Geral e Teste de Diabetes

Conscientização sobre a diabetes para gerenciar um estilo de vida mais saudável

Saiba mais sobre diabetes e compartilhe para ajudar a aumentar a conscientização.

Em todo o mundo, estima-se que 415 milhões de adultos tenham diabetes. Em 2040, esse número deve aumentar para 640 milhões.

O diabetes ao redor do mundo continua a crescer, sendo assim, faz-se necessário aumentar também a conscientização. 37% de todos os adultos diabéticos vivem na região da Ásia-Pacífica. Na África, mais de dois terços das pessoas com diabetes não são diagnosticadas. Na América Latina, o número de pessoas com diabetes aumentará em 65% até 2040.1 Em 2012, o tratamento do diabetes e suas condições relacionadas custaram aos americanos cerca de US$ 245 bilhões em custos médicos totais e perdas de trabalhos e salários.2

Muitos dos que não são diagnosticados podem ter ou estar em risco de pré-diabetes, pesquisas recentes mostram alguns danos a longo prazo ao corpo, especialmente ao coração e ao sistema circulatório, que podem já ocorrer na pré-diabetes 3.


Diagnóstico

O diagnóstico de diabetes é feito principalmente pela detecção de hiperglicemia. No entanto, existem muitas ferramentas no arsenal de testes diagnósticos relacionados a diabetes. Os ensaios relacionados ao diabetes são realizados por várias razões em muitos tipos diferentes de pacientes:

  • Diabéticos recém-diagnosticados - Para ajudar a determinar se eles têm diabetes tipo 1 ou tipo 2, quando as indicações clínicas são inconclusivas.
  • Diabetes tipo 2 - Para monitorar e ajustar terapias.
  • Todos os diabéticos - Para testar a nefropatia diabética, medindo seus níveis de albumina urinária.
  • Mulheres na pós-menopausa - Estudos indicam que este grupo pode ter um risco aumentado de mortalidade cardíaca se eles tiverem um nível elevado de albumina na urina.
  • Mulheres diagnosticadas com síndrome dos ovários policísticos - Esta síndrome afeta 6 a 10 por cento de todas as mulheres, com 50 por cento possuindo resistência à insulina. Essas mulheres são de alto risco para o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Um nível de insulina anormalmente elevado com hiperglicemia pode indicar resistência à insulina.

Monitorando a condição

Aqueles diagnosticados com diabetes são encorajados a monitorar sua condição regularmente. Ao medir a hemoglobina A1c (HbA1c), os médicos podem medir seus níveis médios de açúcar no sangue dos últimos 2-3 meses e, assim, fornecer um plano de tratamento mais personalizado. A medição de HbA1c também pode mostrar se os planos de tratamento e as escolhas de estilo de vida foram eficazes.

Diabetes tipo 1

  • Anteriormente chamado de diabetes "dependente de insulina" ou "início juvenil";
  • Doença autoimune que causa destruição das células beta pancreáticas que são responsáveis ​​pela síntese e secreção de insulina;
  • Considera-se de 5 a 10% de todos os diabéticos.

Diabetes tipo 2

  • Anteriormente chamado de diabetes "não dependente de insulina" ou "adulto-início";
  • Causada por resistência à insulina ou eliminação inadequada de insulina;
  • Considera-se 90 a 95% da diabetes em países desenvolvidos.

Pré-diabetes

  • Pacientes debilitados com tolerância à glicose e glicose de jejum;
  • Indivíduos têm níveis de glicose no sangue acima do normal, mas não altos o suficiente para serem classificados como diabetes;
  • Pessoas com pré-diabetes têm um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2, doença cardíaca e acidente vascular cerebral4

A Siemens Healthineers oferece uma ampla variedade de testes relacionados ao diabetes que auxiliam na diferenciação entre diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2, ajudam a monitorar o controle glicêmico e permitem que os médicos acompanhem a progressão da doença por meio do monitoramento da HbA1c. Para saber mais sobre as soluções de doenças crônicas para o controle de diabetes de Point of Care da Siemens Healthineers, clique aqui.

 

1. Diabetes Atlas 2017, Federação Internacional de Diabetes;

2. Centros de Controle de Doenças;

3. Associação Americana de Diabetes (www.diabetes.org);

4. Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais (www.diabetes.niddk.nih.gov).


Novembro é o mês da conscientização da diabetes

Todo mês de novembro, a Siemens Healthineers aumenta a conscientização sobre essa condição crônica séria, mas administrável. Somos apaixonados por ajudar os pacientes a levar uma vida saudável e estabelecer parcerias com os médicos para ajudá-los a gerenciar as condições de seus pacientes. Com tantos diabéticos não diagnosticados, a compreensão dos fatores de risco, sintomas e impacto de longo prazo é um primeiro passo crucial para tornar as comunidades em todo o mundo mais saudáveis.

Quer causar impacto? Aqui estão algumas maneiras de participar do Mês da Conscientização acerca da Diabetes:

  • Compartilhe esta página e infográfico com seus pacientes, em mídias sociais e com familiares e amigos;
  • Veja este vídeo de um médico no Texas que fortaleceu toda uma comunidade em risco;
  • Você conhece o seu A1c? Saiba por que o monitoramento do HbA1c é importante e converse com seu médico sobre o teste.