Ensaios

A Siemens Healthineers oferece um portfólio completo de exames da tireoide solicitados pelos médicos atualmente. O menu da Siemens Healthineers inclui um ensaio sensível de TSH de terceira geração, testes de função tireoidiana e testes de autoanticorpos anti-tireóide.

Menu de Ensaios da Tireoide da Siemens

Sistemas ADVIA Centaur®CP/XP IMMULITE® 2000/2000 XPi Dimension® RxL Max®/Dimension® Xpand® Plus  Dimension Vista® Dimension® EXL™ com LM
Anti-Tg
XX   
Anti-TPO
XX   
T3 Livre
XX XX
T4 Livre
XXXXX
PTH Intacto
XX   
T UptakeXXXXX
TBG X   
Tireoglobulina X   
T3 Total
XX   
T4 Total
XXXXX
TSH X X X    
TSI   X      
TSH de 3ª Geração
X X   X X

 

Anticorpo Anti-Tg

A Tireoglobulina (Tg) é uma glicoproteína encontrada nas células foliculares da tireoide que exerce um papel essencial na biossíntese dos principais hormônios da tireoide. A dosagem do anticorpo anti-Tg tem se mostrado um auxílio no diagnóstico da Tireoidite de Hashimoto e na doença de Graves. O ensaio de anticorpo anti-Tg da Siemens Healthineers oferece uma determinação quantitativa precisa dos anticorpos anti-Tg no soro ou plasma.

Anticorpo Anti-TPO

O anticorpo antitireoperoxidase (anticorpo anti-TPO), uma proteína encontrada nas células foliculares da tireoide, é um catalisador na síntese dos principais hormônios tireoidianos. As doenças autoimunes da tireoide são caracterizadas pela presença do anticorpo anti-TPO.
Níveis elevados do anticorpo anti-TPO são um fator de risco para:
• Doença autoimune da tireoide, incluindo a tireoidite de Hashimoto, doença de Graves tireoidite atrófica e mixedema primário
• Tireoidite pós-parto em mulheres
O ensaio de anticorpos anti-TPO da Siemens Healthineers é um imunoensaio competitivo que usa a tecnologia de quimioluminescência. É um teste altamente sensível para a detecção de anti-TPO Ab2, proporcionando aos laboratórios uma determinação quantitativa precisa dos anticorpos anti-TPO no soro ou plasma.

T3 Livre

A Triiodotironina (T3) é um hormônio sintetizado e secretado pela glândula tireoide e formado através da desiodação periférica de T4. O T3 desempenha um papel importante na regulação do metabolismo. Na circulação, 99,7% de T3 está reversivelmente ligado a proteínas de transporte. O T3 não-ligado (T3 livre) é metabolicamente ativo. O teste de T3 livre ajuda a determinar se a tireoide está funcionando adequadamente. Ele é solicitado principalmente para auxilio diagnóstico do hipertireoidismo e pode ser solicitado para auxílio no monitoramento do progresso de um paciente com uma disfunção de tireoide conhecida. O teste de T3 livre é solicitado geralmente após um teste com resultado anormal para TSH e T4. O teste de T3 livre pode ser solicitado juntamente com anticorpos anti- tireoide auxiliando no diagnóstico da doença de Graves, uma disfunção autoimune que é a causa mais comum de hipertireoidismo.

T4 Livre

A Tiroxina (T4) é um hormônio sintetizado e secretado pela glândula tireoide e desempenha um papel importante na regulação do metabolismo. Na circulação, 99,95% do T4 está reversivelmente ligado a proteínas de transporte. O restante de T4 não está ligado a proteínas de transporte e sim, livre na circulação. Esta fração não ligada, o T4 livre, é metabolicamente ativa. Um ensaio apropriado FT4 usado em combinação com o TSH é considerado pela Associação Americana de Tireoide como "...a melhor e mais eficaz combinação de exames laboratoriais para o diagnóstico e acompanhamento da maioria dos pacientes com disfunções da tireoide." (http://jama.ama-assn.org)

PTH Intacto

O PTH intacto é usado como um auxiliar no diagnóstico diferencial do hiperparatireoidismo, hipoparatireoidismo ou hipercalcemia associada à malignidade. O ensaio de PTH intacto da Siemens Healthineers oferece a qualidade e especificidade necessárias no manejo dos pacientes com doenças da glândula paratireoide.

T Uptake

Também conhecida como captação de T3 em resina (T3RU) ou captação de tireoide, este teste estima quantas proteínas de ligação ao hormônio tireoidiano estão disponíveis no sangue através de cálculos baseados nos níveis de T3 ou T4 adicionados à amostra de sangue do paciente.

TBG

A globulina ligante de tiroxina (TBG) liga-se aos hormônios tireoidianos na circulação. É uma de três proteínas responsáveis por carregar T3 e T4 na corrente sanguínea. Os testes de TBG são também utilizados na investigação de níveis elevados ou reduzidos de hormônio tireoidiano.

Tireoglobulina

A característica mais importante de um ensaio de tiroglobulina é quão confiável ele é ao discriminar entre a sensibilidade funcional do ensaio e o limite inferior da faixa normal de referência - sinalizando tecido tireoidiano residual após a ablação da tireoide.
A Tiroglobulina ajuda a monitorar os pacientes que passaram por tireoidectomia. A Siemens Healthineers oferece um teste de tiroglobulina automatizado e confiável com alto desempenho necessárias para identificar a presença ou ausência de tecido tireoidiano funcional.

T3 Total

Para a medida quantitativa do hormônio triiodotironina (T3) em soro e plasma humano. Medidas de T3 são usadas no diagnóstico e tratamento de doenças da tireoide como o hipertireoidismo e a tireotoxicose por T3.

T4 Total

O T4 total é um hormônio utilizado no diagnóstico do hiper e hipotireoidismo. O teste de T4 total é solicitado geralmente com um teste de TSH para determinar se o sistema de feedback do hormônio tireoidiano está funcionando adequadamente. Os resultados auxiliam na distinção entre as causas do hiper e hipotireoidismo.

TSH

O hormônio estimulante da tireoide (TSH) estimula a glândula tireoidiana a sintetizar e secretar o hormônio tireoidiano. As dosagens de TSH sérico são utilizadas para detectar hipo e hipertireoidismo primário. A capacidade de um ensaio de TSH de distinguir entre concentrações normais e abaixo do normal é essencial para a estratégia de testes da tireoide. A quantificação do TSH abaixo de 0,01 mlU/L fornece informações úteis aos clínicos referentes a pacientes com concentrações de TSH abaixo do normal. Os ensaios de TSH da Siemens entregam resultados sensíveis e altamente específicos de maneira consistente em múltiplas plataformas.

TSI

As medidas de TSI também são utilizadas para monitorar a resposta à terapia para DG e na predição da remissão ou recidiva, na confirmação da oftalmopatia de Graves e na predição do hipertireoidismo neonatal.1,2 A incorporação do ensaio de TSI aos algoritmos de diagnóstico existentes tem mostrado uma redução geral de custos diretos com o diagnóstico de DG de até 43%, com um custo líquido de evitar um diagnóstico errado reduzido em até 85%.3

O ensaio de TSI IMMULITE 2000/2000 XPi é o primeiro ensaio de TSI automatizado e quantitativo disponível atualmente. Os ensaios de anticorpo antirreceptor de TSH (TRAb) detectam tanto os anticorpos estimulantes da tireoide quanto os bloqueadores. Entretanto, os anticorpos bloqueadores inibem a estimulação das células da tireoide pelo TSH e levam ao hipotireoidismo. O ensaio de TSI IMMULITE 2000/2000 XPi detecta anticorpos estimulantes da tireoide, a causa específica da patologia da DG, com uma sensibilidade e especificidade clínica de 98,3% e 99,7%, respectivamente. Com um tempo total de ensaio de 65 minutos e reagentes prontos para uso e estáveis, este ensaio pode tornar o diagnóstico diferencial da DG mais rápido e fácil, permitindo que os pacientes sejam diagnosticados e tratados mais cedo.

TSH de 3a Geração

Melhorias na sensibilidade do ensaio de TSH permitem que ele seja utilizado na detecção tanto do hiper quanto do hipotireoidismo. Ensaios com uma sensibilidade funcional de <0,02 mlU/L são classificados como ensaios de "terceira geração". O ensaio de TSH de 3a Geração da Siemens Healthineers é sensível e preciso, com desempenho de imprecisão que excede os critérios recomendados pelos métodos da NACB para TSH.
 


Compartilhe esta página:

1Gupta, Manjula K. Thyrotropin-receptor antibodies in thyroid diseases: advances in detection techniques and clinical applications. Clinica Chimica Acta. 2000;293:1-29

2M.R. Bjorgaas, H. Farstad, S.C. Christiansen, H-G.K. Blaas. Impact of thyrotrophin receptor antibody levels on fetal development in two successive pregnancies in a woman with Graves' disease. Horm, res. Paediatr. 79:39-43, 2012.

3McKee A., Peyerl, F. TSI assay utilization: impact on costs of Graves' hyperthyroidism diagnosis. AJMC. 2012; 18(1):1-15.

O produto/recurso exibido nesta página Web não está comercialmente disponível em todos os países. Por razões de regulamentação, sua disponibilidade futura não pode ser garantida. Por favor, entre em contato com a organização da Siemens local para maiores detalhes.